Archive for setembro, 2010


Procuro alguém pra resolver meu problema

Pois não consigo me encaixar neste esquema

São sempre variações do mesmo tema

Meras repetições

A extravagâncias vem de todos os lados

E faz chover profetas apaixonados

Morrendo em pé rompendo a fé dos cansados

Com suas canções

Estar de bem com vida é muito mais que renascer

Deus já me deu sua palavra

E é por ela que ainda guio o meu viver

Reconstruindo o que Jesus derrubou

Re-costurando o véu que a cruz já rasgou

Ressuscitando a lei pisando na graça

Negociando com Deus

No show da fé milagre é tão natural

Que até pregar com a mesma voz é normal

Nesse evangeliquês universal

Se apossando do céus

Estão distantes do trono, caçadores de deus

Ao som de um shofar

E mais um ídolo importado dita as regras

Pra nos escravizar.

É proibido pensar (5x)

Procuro alguém pra resolver meu problema

Pois não consigo me encaixar neste esquema

São sempre variações do mesmo tema

Meras repetições

Meras repetições

É proibido pensar

Compositor João Alexandre

Olá, amigos!
Tive que transferir o Blog EBERCRIS para o WordPress pois o serviço do Live Spaces será excluído em breve.
Aproveitei para mudar o nome do Blog que passa a ser: Ctrl C / Ctrl V “o site copia e colo da web”.
Espero me adaptar rapidamente ao WordPress e que vocês gostem da nova cara do Blog. Estou aberto a sugestões para melhorá-lo.
Abraço a todos!
Eber, editor

 “Qualquer Irmão PoDE ungir ? Pôde- se ungir Objetos Parte QUALQUÉR UO do Corpo ? Desenvolvi- se Beber o Óleo, AO inves de serviços ungido ? “

Antigamente , o azeite DEPOIS APLICADO era do Banho (Rt 3,3 e Ez 16.9) , feridas nas ( Lc 10,34 ), epidêmico nsa Cadaveres uma Lavagem do Corpo (Mc 16,1) , nsa libertos cativos (Lc 28,15 ) , Na Cabeça (SI 23,5) Pés e nsa ( Lc 7,38) .

Não Antigo Testamento , dos propósitos do Além descritos , uma unção UMA adquiriu relevância distintivamente religiosa . Ungir com ‘óleo separava determinadas PESSOAS Objetos e, dedicando -os AO Serviço Divino. Havia nd Legislação ( Ex 30,22-33 e 40,10-11 ) ERAM Óleos Usados Que parágrafo Dedicar o Tabernáculo , Móveis e Vasos SEUS SEUS , OS MEMBROS Como ASSIM da classe sacerdotal de Levi Que deviam SERVIR ali . Eventualmente HÁ menções à unção dos Profetas (I Rs e 19,6 SI 105,15 ), porém o Maior NÚMERO Diz Respeito à unção dos reis (LSM 10.1 e 16.13). Ate OS utensilios de Guerra consagração Por passavam (IISM e 1,21 Is 21,5).

Na História da Igreja , era de se Esperar Que hum Tão grande numero de REFERÊNCIAS à unção NAS Escrituras hum exercesse Impacto Sobre OS cristãos AO Longo de SUA Existência .

Como Igrejas Protestantes reconhecem uma unção exclusivamente com Respeito à cura Física . Mais Outros Segmentos RECENTES , Neopentecostais Pelos Compostos , difundir PROCURADO uma temperatura Ampla e irrestrita Procedimentos de utilizaçao apresentados não Testamento Antigo, ungindo -fazeres um bis Tudo, soluço o pretexto de Transmissão de Virtudes Espirituais .

ESSE PROCESSO DE mistificação do Cristianismo da base afasta – nsa de Que ” Cristo e Suficiente e bastante ” Tudo parágrafo necessitamos que. Paulo exortou EAo Colossenses ACERCA dos perigos da Filosofia Tanto , do dogmatismo e do lagalismo , QUANTO fazer misticismo ( Cl 2 le) .

Conforme Amós 6.6 a Corrupção generalizada distorceu uma unção da Intenção original, CRER Fazendo Mais Importante Que fazer Que era uma Vida interior de uma repetição do ritual com o ‘óleo Mais Excelente. E e exatamente Que Aí reside o Perigo da substituição Dinâmica da espiritualidade e transformadora Pelo ritualismo repetitivo Vida e SEM .

A supervalorização rituais de servir apenas de Interesses EAo o Quem Quer manipular sentir parágrafo Multiplicar OS RESULTADOS da Instituição Que o impõe . A Realidade e Que Nestes rituais nao HÁ QUALQUÉR possibilidade de Elevação de Busca in alma do sagrado .

Em Tiago 5,14-16 , o apóstolo orientação Física Sobre a Doença e instrui Sobre O Direito se sentir in receber uma Oração , seguida de unção efetuada Pelo presbítero , demonstração e um Que Ênfase fecal Sobre a Oração motivada Pela Fé , Que compreender Fazendo -NOS uma unção Aqui PoDE possuir hum carater Fé Desta estimulante , nao possuindo o azeite SI MESMO in QUALQUÉR Graça Espiritual ou ” Mágica “Para operar uma cura . Tambem deixou Claro Que HÁ enfermidades Que nao se afastam senão epidêmico Confissão de Pecados . Mas , Por Outro Lado , Nem Que reconhece semper uma enfermidade e de raiz pecaminosa , indica Conforme a Expressão “se Houver cometido Pecados “do verso 15.

E imperativo salvaguardar uma espiritualidade desprovida de artifícios Que encantam e impressionam OS Sentidos físicos , Pelo Tato, Visão e comeu paladar ( in Procedimentos Que o azeite e ingerido E OUTRAS aberrações ), Mas nao afetam a Vida Espiritual .

A Ênfase Por rituais de unção indiscriminada , alem do preceituado in Tiago, Atende uma Interesses de retornar AO Período pré- reformado da Igreja , lançando – obscuridade um nd advinda da ignorancia dos fieis e da volúpia de Dirigentes . Como anúncios, continuam recomendando Segundo uma Bíblia , : Pelos enfermos apenas unção , Sobre a testa e nao da Doença não local, seguida da Oração da Fé , n º Restauração da Saúde Física ; e unção realizada apenas Espirituais Pelos Condutores do rebanho de Deus, UO SEUS presbíteros pastores e- auxiliares , quando autorizados .

Fonte: Seara de Cristo

Era UMA Vez … Sim ! Incontáveis Vezes ! Todos cansaram de Ouvir ! A Raposa Contou AO Lobo Que hum Burro andou Fazendo – se de um caçador quando Pelé vestiu do Leão . Lembram da fábula ?

Pois é , Que Desafio ! O Burro ? Logo o Burro ? Nessa Noite SEM ter comido nada , DESDE uma mata da Beira via o dono das Ovelhas acabando de Pedaços CORTAR in Diversos carneiros suculentos e apetitosos .

Dava boca nd Água. Os antes de apagar uma candeia esticou o pastor como peles Toda com um secassem para la e recolheu Que se. Ah! Como FOI custoso ! Arrastou UMA das Peles Covil Seu par. Ajustou Lado de hum .

DEPOIS acertou do Outro . Meteu uma Cabeça Por Dentro do Ponto Certo e SERVIR comeu esticou . Achou um parágrafo POSIÇÃO como patas . Pronto! E, quando FOI amanhecendo , preparou – se. Caminhou imitando o Passo das Ovelhas Que pastar parágrafo saiam e não se meteu DELAS Meio, semper De Olho nsa Cães Pastores . Que ASSIM SE VIU SEM softwares antigos Cão Por Perto … Vupt ! Saltou Cordeirinho Sobre hum , SEM Saiu abateu -o e Alarde par o mato . Dia epidêmico dia FOI Dando Seu golpe notado serviços sem, escondido nd Pele de UMA .

O pastor ficou preocupado Pela Falta dos cordeirinhos Que Todos desapareciam Quase Dias OS. Por FIM, resolveu Aumentar um guarda de SEUS Cães de Pastoreio, epidêmico ver UMA Carcaça de Carneirinho abandonada Na Mata .

Os Cães pastores sentiram o cheiro do Lobo soluço uma ovelha da Pele e atiraram Sobre ELA SE. O Lobo -ovelha falsa , mostrou como Garras parágrafo zagueiro – se. ASSIM abateu o astucioso pastor o Lobo um bordoadas , acabando com uma ousadia !

Conclusão : Lobo Que Pelé veste de ovelha acabará denunciado Por SEUS atos de Lobo.

Fonte: Amigo de Cristo

"Por ter sido educadora de parte desse povo,

por ter batalhado sempre pela justiça,

por compactuar com a honestidade,

por primar pela verdade

e por ver este povo já chamado varonil

enveredar pelo caminho da desonra.

 

Sinto vergonha de mim

por ter feito parte de uma era

Que lutou pela democracia,

pela liberdade de ser

e ter que entregar aos meus filhos,

simples e abominavelmente,

a derrota das virtudes pelos vícios,

a ausência da sensatez

no julgamento da verdade,

a negligência com a família,

célula-mater da sociedade,

a demasiada preocupação

com o "eu" feliz a qualquer custo,

buscando a tal "felicidade"

em caminhos eivados de desrespeito

para com o seu próximo.

 

Tenho vergonha de mim

pela passividade em ouvir,

sem despejar meu verbo,

a tantas desculpas ditadas

pelo orgulho e vaidade,

a tanta falta de humildade

para reconhecer um erro cometido,

a tantos "floreios" para justificar

atos criminosos,

a tanta relutância

em esquecer a antiga posição

de sempre "contestar",

voltar atrás

e mudar o futuro.

 

‘Tenho vergonha de mim

pois faço parte de um povo

que não reconheço,

enveredando por caminhos

que não quero percorrer…

 

Tenho vergonha da minha impotência,

da minha falta de garra,

das minhas desilusões

e do meu cansaço.

Não tenho para onde ir

pois amo este meu chão,

vibro ao ouvir meu Hino

e jamais usei a minha Bandeira

para enxugar o meu suor

ou enrolar meu corpo

na pecaminosa manifestação de nacionalidade.

 

Ao lado da vergonha de mim,

tenho tanta pena de ti, povo brasileiro!

 

 

"De tanto ver triunfar as nulidades,

de tanto ver prosperar a desonra,

de tanto ver crescer a injustiça,

de tanto ver agigantarem-se os poderes

nas mãos dos maus,

o homem chega a desanimar da virtude,

a rir-se da honra,

a ter vergonha de ser honesto".

(Rui Barbosa)